and yet it has just began

 

SINOPSE

No início um espaço, um corredor - pequeno, inóspito, circunscrito - sítio de passagem, onde se adivinham quatro pessoas, que silenciosamente habitam este lugar, aparentemente interdito. Registam-se os movimentos, seguem-se as palavra, mortificam-se os olhares. E Sussurra-se: “Segue. Caminha lentamente. E nunca olhes para trás.” Mas é impossível seguir.
Diria Banksy que “Não podemos fazer nada para mudar o estado do Mundo até que o capitalismo colapse.” E aqui chegámos ao ponto, o capitalismo, esse poder sub-reptício que nos fecundou, até que nos adormeceu, nos emudeceu. “O poder não é um meio, é um fim em si (...) O objectivo da perseguição é a perseguição. O objectivo da tortura é a tortura. O objectivo do poder é o poder" (George Orwell).

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Co-criação e Interpretação: Catarina Mago, Cecília Henriques, Luís Lucas Lopes e Raimundo Cosme • Figurinos: Catarina Mago e Raimundo Cosme • Co-criação e Fotografia de Cena: Rita Chantre • Vídeo: Luís Lucas Lopes • Produção Executiva e Direção de Cena: Carla Castro • Apoios: Cão Solteiro; Balneário • Projecto Financiado Por: Fundação Calouste Gulbenkian

CALENDÁRIO DE PROJECTO

Residência artística: 2 a 16 de Novembro de 2011, Museu Leonel Trindade (Torres Vedras)

Apresentações: 15 de Dezembro de 2011 a 15 de Janeiro de 2012, BALNEÁRIO - LX Factory • Novembro de 2012, Ciclo 10 Andar (Quarta Parece), Covilhã