RUN AMANDA. RUN!

 

SINOPSE

Ainda sobre o silêncio, ainda sobre a suspensão, ainda sobre o vácuo, nasce o mito. E aqui, no centro da discordia, nós e a pintura: subimos a um monte para gritar até que os pulmões desistam: Amanda Whitt! É nesta imagem incandescente que ficamos. Nós, os que, sem forma e vazios, desesperam quebrar a lucidez, esmagar a invisível corrente de infinitos desejos. Olhamos a lua – não vá mercúrio estar retrógrado – e invocamos a proposição: “Amanda – mito, ser incerto e vago, renasces agora em entradas triunfais e saídas fáceis para problemas inconcretos. O teatro confronta-te a música interior mas o teu exterior é lindo e isso fascina-me. Desesperam-me futuros incongruentes mas tu estás aqui, Amanda Witt - mitos performativos ou ficções inabaláveis: agora escolha. A poeira assenta, a paisagem torna-se concreta e esta figura é agora uma certeza. E por isso lhe prestamos tributo. E assim, na ponta de um iceberg na época do degelo, o concerto é só o princípio de todas as incertezas. Por isso, vamos homenageá-la, façamos-lhe reverência e prestemos‐lhe vassalagem, num espectáculo que decide celebrar… mas celebrar o quê?

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Direcção Artística, interpretação e Texto: Raimundo Cosme • Interpretação e Co-criação: Cecília Henriques • Direcção Musical, Co-criação e Interpretação: Isabelle Coelho • Sonoplastia, Co-criação e Interpretação: Cláudio Teixeira e Simão Joseph • Espaço Cénico e Co-criação: Rosana Pereira • Figurinos e Co-criação: Marta Passadeiras • Direcção de Produção: Mariana Sá Marques • Direcção Técnica: Ricardo Foz • Vídeo: Inês Sampaio • Residência Artística: Cão Solteiro • Apoios: LX Factory; Copyspot; O Espaço do Tempo; Boost; Teatro Maria Matos; Teatro Estúdio; Escola de Mulheres; Tricots Brancal; Limousines.pt; Fnac • Coprodução: Temps D’Images e Plataforma285 • Projecto Financiado Por: Fundação Calouste Gulbenkian

CALENDÁRIO DE PROJECTO

Residência Artística: Outubro 2015, Cão Solteiro (Lisboa)
Apresentações: Dezembro de 2015, Espaço ZOOT - Lx Factory