Valsa Para Um Vaso: BRITNEY, ASCENSÃO E QUEDA

 

SINOPSE

Num Mundo pós-apocalíptico-artístico-privilegiado que canta em harmónico-privado-apoteótico, a sua missão profético-abstracta de chegar a todxs, perguntamo-nos: e de resto, tens ido ao CCB? Isto não pertence a lado nenhum. Isto é sobre a importância de BANALIZAR coisas que são coisas e coisos. É sobre não poder ser um livro. E também não poder ser uma revista. Isto é uma fanzine: sobre Gatinhos, Hypersex, saltos altos e quedas. Sobre o try, fail, try better que era do Beckett. Sobre as minhas valsas com drones. Sobre vómitos agradáveis.  Sobre conversas profundas com a Siri. Sobre a Siri ser uma mulher. Sobre a SIRI ter nascido mulher e não ter tido voto na matéria. SOBRE COMO MEXEU COM UMA NÃO QUER DIZER MEXEU COM TODAS. Sobre o FIM DA FESTA OU TENDE PIEDADE DE NÓS. Sobre ser uma guerra e um chá das cinco. Sobre pleonasmos infinitos. Sobre fidelização de novos públicos. Um live tutorial sobre como dar no monte no fim da festa, dizer "UPS" e não tripar. Uma Ode às verdades absolutas.

- Acho que a Cecília deu um passo maior que a perna - disseram eles.

- Sempre, mores. Eu tenho 1,52m! (wink, wink) Sempre minha, Sexylia Henriques. PRESENTE!

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Direcção Artística, Texto e Interpretação: Cecília Henriques • Direcção de Produção: Raquel Bravo • Apoio à Criação: Filipe Sambado e Raimundo Cosme • Imagens de Divulgação: Rita Chantre • Captação de Vídeo: Bruno José Silva • Montagem de Vídeo: Pedro Pacheco

CALENDÁRIO DO PROJECTO:

Apresentações: Março de 2018, Damas (Lisboa); Setembro 2018, Musa (Lisboa)